quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Liberdade 21 ... uma análise (IN PORTUGUESE ONLY!)


Liberdade 21 é um programa que passa 5as feiras á noite na RTP1



Este programa fala, de uma forma muito concisa, das aventuras de uma sociedade de advogados (Vasconcelos, Brito e Associados). Essa sociedade fica localizada na Avenida da Liberdade nº21, daí o nome da série.

Os "big bosses" da empresa são Helena e Raul, havendo também mais 3 advogados: Pedro, Sofia e Afonso. Com eles trabalham dois estagiários: Francisco e Vera e a secretária Júlia.

Raul tem o ego do tamanho do mundo e foi essa auto-confiança que o tornou célebre nos tribunais, lutando por casos que mais ninguém aceitava e conseguindo ganhar. Para além de advogado astuto é também um eterno conquistador, embora um pouco fora de moda, e com a idade permitiu-se dizer e fazer tudo o que lhe passa pela cabeça. O problema é que abusa constantemente deste privilégio, o que leva a que esteja permanentemente envolvido em situações embaraçosas e em pequenos escândalos.

Helena é uma mulher muito segura de si, mas mais discreta e preocupada com a imagem pública da empresa, pensando sempre se as suas acções podem afectar negativamente, e também financeiramente a sociedade. Este traço de personalidade levou-a a tomar as rédeas da gestão, tratando de toda a parte burocrática e do funcionamento do dia-a-dia.

No escritório outros advogados destacaram-se, como é o caso de Pedro Pimentel que acabou de subir a partner sénior. Pedro tem uma figura impecável e um sorriso que deixa as mulheres rendidas, mas por detrás daquela simpatia artificial está uma pessoa com uma grande sede de poder e protagonismo.

Sofia, uma das advogadas mais novas, e com uma ascensão meteórica dentro da empresa, tornou-se a protegida de Helena por ter conseguido trazer uma área de negócio que estava em deficit dentro da empresa: os processos de divórcio. Mas, se a nível profissional a sua vida é um sucesso, a parte pessoal é um completo vazio.

Afonso, outro dos advogados principais da empresa, e um dos mais velhos a seguir aos fundadores, é considerado pelos colegas como um dos mais brilhantes advogados que se tem visto na barra dos tribunais. A sua capacidade argumentativa tornou-o temido por todos, e odiado por muitos. No entanto, a sua dedicação extrema ao trabalho levou a mulher a pedir o divórcio. Este acontecimento recente vai marcar profundamente a sua vida, não só porque ainda ama a mulher, mas também porque vê o filho revoltar-se contra ele, considerando-o o culpado pelo desmoronamento da família.

Para mais info cliquem no link http://pt.wikipedia.org/wiki/Liberdade_21

Pessoalmente gosto desta série que é deveras algo novo para a televisão portuguesa. Têm um gostinho a Boston Legal e a Anatomia de Grey, tendo as suas partes de humor e a suas partes mais dramáticas. De 1 a 5 dou um 4 a esta série

Sem comentários:

Enviar um comentário